sábado, 12 de janeiro de 2013

RODRIGO SANT'ANNA - Entrevista para o portal RIO NO TEATRO










Ele busca inspiração no subúrbio e é assim que nascem personagens que habitam o cotidiano do brasileiro. Hoje é normal ouvir na fila do supermercado senhoras falando: ”Ela é a cara da riqueza”, ou meninas na balada comentando” Ai como eu to bandida!”, vou além quando escuto uma moça conversando com a amiga triste no metrô na estação da Glória: “Cadê minha babuína? Cadê?”. É com esse brilho que entra em cena Rodrigo Sant’Anna.  O carioca de 31 anos, nascido no Morro dos Macacos, Zona Norte do Rio coleciona sucessos na TV e no teatro.

Suas personagens mais queridas: a transexual Valéria Vasques e a pedinte Adelaide, do Metrô Zorra Brasil animam a turma do Theatro Net Rio, em Copacabana no espetáculo “Comício Gargalhada.  Quando Adelaide entra em cena pela plateia o riso é solto. Não tem quem fique parado ou deixe de esticar a cabeça para logo em seguida cair na gargalhada.

Rodrigo revela que Adelaide nasceu dentro de casa, inspirado em sua avó, dona Adélia Rosa, hoje com 86 anos. Em entrevista ao Rio No Teatro o ator afirma que nem mesmo ele sabe como decidiu que seguir a carreira. “Nem eu sei, por conta da minha timidez essa foi uma surpresa pra todos até pra mim. No inicio minha família estranhou, mas logo abraçaram a causa... (risos)”, diz.

Se hoje ele tem a oportunidade de realizar sonhos de consumo, nosso personagem tem fama de ter corrido muito atrás de seus objetivos. Rodrigo trabalhou com performances em estações de metro e conseguiu sucesso se produzindo nos palcos. Apesar disso ele afirma que o inicio da carreira foi tão difícil como qualquer outra. Quando questionado sobre o que mudou em sua vida desde então ele brinca e ri: “O carro..”

Seja drama ou comédia Rodrigo está em busca de construir sua história. “”Tenho vontade de fazer bons trabalhos, independente da vertente drama ou comédia...” conta.

Quando o assunto é o carinho do público com a transexual Valéria Sant’Anna revela: “Tive preocupação se as pessoas iam gostar da Valéria, mas foi tão rápido o sucesso com a personagem que não teve tempo pra rejeição.”

No formato de um comício eleitoral, Rodrigo Sant’Anna em seu primeiro monólogo, interpreta personagens diferentes: Adelaide – “A favelada”, Vanderley das Almas, Sara-menininha, Frango de Padaria, Homossexual Obeso e São Jorge. Entre um personagem e outro ainda há espaço para as histórias engraçadas da vida de Rodrigo. Agora o ator conta o que o público pode esperar de diferente em "Comício Gargalhada": “Tem uma personagem nova no espetáculo...ela se chama “Soninha sapatão” “, diz.

Rapidinhas
RNT:Uma frase do espetáculo...
Rodrigo Sant’Anna :  Valeria:-Eu encontrei na comédia uma maneira de burlar as minhas tragédias 

RNT-Estamos no tempo do ator- produtor? 
Rodrigo Sant’Anna : Sim te traz independência de fazer o que quer.

RNT: Ator é mais talento, sorte ou técnica? 
Rodrigo Sant’Anna: Um pouco de tudo isso e mais alguma coisa (risos).

RNT: Um recado para seus fãs do Rio No Teatro.
Rodrigo Sant’Anna: Sempre procuro retribuir no meu trabalho e o carinho das pessoas comigo. Obrigado por se divertirem comigo. Venham assistir o Comício Gargalhada!

http://www.rionoteatro.com.br/personagens/view/39




Nenhum comentário:

Follow by Email

Para Rodrigo, com carinho...


SOU MUITO FÃ DO RODRIGO SANT'ANNA.
O próprio já está CARECA de saber...
É muito estranho essa coisa de "tiete", né ?? Pelo menos para mim, pois no alto dos meus 30 e trá-lá-lá isso tudo é NOVIDADE...Nunca fui fã fervorosa de artista...
Tudo começou muito devegarinho...fui substituindo algumas coisas que não estavam muito "bacanas" na minha vida pelo bom humor dos personagens do Rodrigo, e a terapia do riso surtiu efeito. Para encurtar esta longa história : ele passou a ser meu pé-de-coelho !!!
Logo surgiu uma curiosidade natural de conhecer e saber mais sobre o ser humano por trás dos geniais personagens que ele cria e interpreta, foi então que realmente virei FÃ !!!

VALÉRIA,ADMILSOM, ADELAIDE,...todos que existem e ainda virão, que sejam muito bem - vindos : Nossa SAÚDE e HUMOR agradecem !

Mas o Rodrigo...é desse querido que quero falar:

Só quem já pôde ter algum contato com ele ...só quem já pode abraçá-lo, chegar perto dele, perceber a atenção ou o olhar profundo de carinho e gratidão poderá finalmente entender o motivo de tanto sucesso.
SIMPLES, ACESSÍVEL E ACOLHEDOR... Em se tratando de um artista , torna-se inevitável que tantas virtudes transbordem para os personagens ,imprimido tanta verdade e literalmente APAIXONANDO o público e nos fazendo assim...tão felizes !!!
Sim, me rendi...

De minha parte, eu só tenho à dizer:
OBRIGADA!!!!

( e ainda bem q pude dizer pessoalmente )


Rodrigo;
Cada postagem deste BLog é carregada de amor e MUITA energia POSITIVA!
Beijo Enorme...assim do tamanho do teu coração!

Alessa Porto






Poucos atores dessa nova geração de humoristas sabem fazer graça com tanta propriedade e sensibilidade. Rodrigo capta trejeitos miúdos, jeitinhos de falar, expressões e constrói personagens redondos. Não falta nada em Adelaide (assim como não falta em Valéria), das roupas ao modo como ela fala, a personagem reúne todas as características de quem Rodrigo pretende retratar. E dá gosto de assistir. Maurício Sherman, diretor do 'Zorra Total', que já revelou talentos como Katiuscia Canoro e Thalita Carauta, deve agradecer todos os dias por ter convidado Rodrigo para participar da atração. A aposta deu certo e o 'Zorra' tem reconquistado a audiência escassa dos sábados à noite.
Obrigada por Valéria, Adelaide e pelo que ainda está por vir, Rodrigo. A gente só quer que 'Deus te dê tudo de muito bom', que 'Ele ilumine cada canto dos seus caminhos' e que 'te dê em dobro' todas as risadas que você nos dá! Vida longa à sua criatividade!

colunaheloisatolipan@gmail.com